Devemos tolerar a intolerância?

No dia 28 de dezembro de 2012 uma jovem cometeu suicídio. Poderia ser apenas mais uma adolescente que não soube lidar com as pressões da transição para a vida adulta, se não fosse pelo fato dela ser atéia e bissexual. Roberta Baêta era membro ativo da comunidade Contradições da Bíblia do Facebook, foi lá que tive a oportunidade de interagir com ela em alguns momentos. Em alguns post ela narrava os conflitos que tinha em casa, mas como saber a exata dimensão do problema? A quem pedir ajuda?Refleti muito sobre o ocorrido e há alguns dias tento escrever sobre o assunto, quando me dei conta de que há um debate maior aqui que não está sendo levado em consideração. Devemos tolerar a intolerância? Devemos ser condescendentes com comportamentos radicais e discursos de ódio? Este é um tema delicado porque muitos defendem o direito a intolerância como liberdade de expressão. Se observarmos do ponto de vista da expressão de uma opinião pessoal, defendo a ideia de que todos têm o direito a se expressar, contanto que não ofenda terceiros. Neste ponto cai por terra o argumento da liberdade de expressão, já que boa parte dos discursos intolerantes vem recheados de ofensas e palavras que depreciam a classe criticada. A vítima deste caso sofreu maus tratos psicológicos e vale ressaltar que se trata de uma menor de idade. Neste caso a família tem sim responsabilidade sobre o que aconteceu, principalmente porque não foi a primeira tentativa de suicídio da garota, que sofria de depressão e transtorno bipolar.

O lado mais triste desta história é ver pelo comportamento da família que nenhuma lição foi tirada deste evento. O perfil da Roberta foi alterado, mudaram sua religião e apagaram postagens e fotos. Isto apenas reforça o sentimento de que a intolerância deve ser combatida. Não podemos entender como algo aceitável que um grupo exerça tanta pressão na vida de pessoas que são membros produtivos da sociedade ao ponto de causar danos psicológicos. Pequenas ações podem fazer a diferença na luta contra a intolerância. Não votar em políticos religiosos é uma delas, se os grupos religiosos radicais têm força muito se deva à sua presença nas instituições políticas. Denunciar abusos cometidos por estas instituições também ajuda. E esta luta não é dos ateus, mas de todos. Tenho amigos e parentes religiosos e convivo muito bem com eles, alguns inclusive são líderes religiosos. Conheço vários cristãos que não concordam com essa conduta e digo que eles também devem participar destas ações. Não somos contra a religião, somos contra grupos de pessoas inescrupulosas que usam a fé como meio de controle de massas para atingir objetivos pessoais.

Depois de toda essa reflexão fiquei ao mesmo tempo triste e encorajado. Triste por pensar que nós ateus já deveríamos ter nos reunido enquanto entidade civil a mais tempo. Encorajado por pensar nas pessoas que ainda podemos ajudar com nosso trabalho. Espero que nosso grupo ajude outras pessoas como Roberta Baêta, que suas histórias tenham um final diferente.

  1. rosa pontual

    Muito bom sue artigo, concordo plenamente. Acho que está-se entendendo liberdade de expressão de forma errada, como se se pudesse falar tudo. A liberdade de expressão tem que ser limitada pelo respeito ao outro e não pode abranger a agressão verbal. Agir com liberdade não é fazer tudo que se quer, se exprimir com liberdade não é dizer tudo que se quer, é preciso agir com responsabilidade e respeito.

    • Lu Moraes

      Pois é Rosa, creio que a palavra que se perdeu neste caso foi respeito. Espero que um dia o ser humano seja capaz de respeitar seu semelhante e enxergar nele apenas outro ser humano.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s